Varizes não tratadas, quais são as possíveis complicações

Muitas pessoas não atentam para o fato de que, muito além do fator estético, as varizes, que são veias dilatadas e tortuosas que, geralmente, surgem na camada mais superficial da pele, também podem resultar em muitas complicações, e é o que mostraremos nesse artigo.

Sintomas de Varizes

Muitas vezes, as varizes não apresentam sintomas, além do visual, com o surgimento de veias tortuosas, dilatadas e azuladas. Quanto aos sintomas, os mais comuns são os seguintes:

  • Dor, ardor, ou sensação de peso nas pernas, que podem piorar ao fim do dia
  • Inchaço, geralmente, nos pés e tornozelos
  • Coceira sobre a veia varicosa.

Recomendado: Creme para varizes

Causas das Varizes

Dentre as causas das varizes, a mais comum é a influência genética, na verdade, é possível se herdar veias mais frágeis que com o passar dos anos, e fatores de risco, facilitam o aparecimento das varizes.

Mas, é preciso muita atenção, pois embora não seja tão comum, as vezes, as varizes podem ser um sintoma de um problema mais grave, tais como:

  • Coágulos de sangue
  • Veias profundas danificadas
  • Vasos sanguíneos anormais
  • E, embora seja muito raro, até mesmo ser sinal de tumores

Fatores de Risco

Existem também fatores de riscos, ou seja, condições que aumentam o risco de desenvolver o problema:

  • Doenças do fígado, líquido no abdômen ou insuficiência cardíaca, que aumentam a pressão no abdômen
  • Excesso de peso e obesidade
  • Fístulas arteriovenosas
  • Gravidez
  • Histórico familiar de varizes
  • Idade avançada
  • Passar muito tempo em pé
  • Passado de Trombose venosa Profunda
  • Ser do sexo feminino

Complicações das varizes

Em alguns casos, no entanto, pode haver complicações das varizes, muitas vezes, resultantes de um pequeno trauma, como uma batida, ou de um longo tempo parado no carro ou avião, enfim, que podem acabar formando um trombo dentro de uma veia varicosa, ou seja: trombose.

A trombose pode ser:

  • Superficial: ocorre em uma veia da superfície, tromboflebite superficial, cujo tratamento é mais simples, pode ser através de uso de meias elásticas, medicamentos anti-inflamatórios, anti-coagulantes e movimentação frequente.;
  • Venosa profunda: bem mais séria, já que pode desencadear a embolia pulmonar e, até mesmo, a morte.

De uma forma mais generalizada, as possíveis complicações das varizes incluem:

  • Aumento do risco de infecção dos tecidos, a chamada celulite.
  • Coágulos que podem resultar em uma trombose venosa profunda, até mesmo, embolia pulmonar e morte
  • Infecções fúngicas e bacterianas, que podem surgir a partir de problemas de acúmulo de líquidos (edema)
  • Mudanças no tom da pele, ao redor dos tornozelos e pernas
  • Pele fina e frágil, que se machuca facilmente
  • Pele seca, com muita coceira, esticada e inchada
  • Sangramentos
  • Ulcerações

E é isso, infelizmente, ainda não há uma forma de prevenir o surgimento das varizes, embora seja possível melhorar a circulação, como um todo, e assim, reduzir o risco de desenvolver complicações, seja através de exercícios físicos, ou mantendo um peso saudável, reduzindo o consumo de sal, evitando ficar muito tempo em uma mesma posição.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *